Nile Cruises
Nile Cruises

FAQ

Dúvidas frequentes de viajantes a respeito dos mais diferentes assuntos. Verifique as nossas respostas para melhor planejar a sua viagem.

Sim. O índice de segurança é um fator importante na hora de viajar e o Egito o leva muito a sério. Com taxas de criminalidade baixas, o país é considerado um dos destinos favoritos de muitos viajantes, especialmente europeus. Obviamente precauções e bom-senso devem ser levados em consideração em qualquer lugar, mas os visitantes em geral sentem-se seguros e em casa perante à hospitalidade do povo egípcio.   

Vista-se de forma moderada. Para evitar olhares incômodos, recomendamos que mulheres evitem roupas justas e curtas e decotes. Saias se abaixo do joelho. É interessante ter um lenço ou xale para cobrir os ombros, se necessário, ou a cabeça ao visitar mesquitas.

Já no litoral do Mar Vermelho, as mesmas regras não se aplicam. Sinta-se à vontade para usar o que preferir, assim como roupas de banho, sem se preocupar. 

Você pode solicitar o visto junto à embaixada ou consulado egípcio em seu país. Alguns cidadãos estrangeiros, como é o caso de brasileiros, podem adquirir o visto na chegada ao Egito, no aeroporto, pelo valor de US$25. Lembre-se de é necessário ter passaporte válido por no mínimo 6 meses.

Não. Turistas que entrem no Egito pela Península do Sinai recebem um visto válido somente para essa área. Caso desejem viajar para outras áreas no país, deverão obter um novo visto. 

Sim. O visto pode ser renovado e estendido por mais 3 meses. Para tal, o turista deve ir ao setor de imigração da cidade, apresentar alguns documentos necessários e aguardar um período de 2 dias a 2 semanas, dependendo da nacionalidade. Note que há um período de 2 semanas de carência a partir da data do vencimento de seu visto de entrada, durante a qual você não estrá sujeito à multa em caso de extensão de visto.

Claro. O Egito é uma porta de entrada para um mundo exótico e incrível, e uma vez no Oriente Médio e no Norte da África, muitos visitantes aproveitam a oportunidade para fazer um combo e incluir outros destinos nas proximidades. Verifique o  nosso site-matriz Memphis Tours, que oferece pacotes combinados para a Jordânia, Marrocos, Turquia, Grécia e Dubai.

 

Não. Infelizmente essa não é uma opção. Os voos do Brasil para o Egito possuem escala na Europa (geralmente Itália, Espanha ou Turquia) ou no norte da África (geralmente Marrocos). Alguns possuem escala em Dubai.

Se você estiver vindo direto para o Cairo, dependerá da companhia aérea de sua escolha. O terminal 3 é utilizado majoritariamente por companhias da rota da América no Norte e Europa Ocidental, enquanto que o terminal 1 recebe companhias aéreas do Leste Europeu, Africanas e Árabes, como a Egyptair. 

Recomendamos a compra de bebidas alcólicas e cigarros nas lojas duty free no momento de sua chegada. Elas estão disponíveis nos aeroportos do Cairo, Luxor, Hurghada, El Gouna e Sharm El Sheikh. Cada viajante tem direito a adquirir até 3 litros de bebidas alcólicas e máximo de 200 cigarros na chegada. Limites de origem de outros países são 1 litro de álcool e o mesmo para cigarros. A compra de cigarros no Egito é abrangente, enquanto que bebidas alcólicas estão disponíveis apenas em lojas especializadas e hotéis, assim como em alguns restaurantes.   

Não há problemas. Uma boa parte dos egípcios que moram no Cairo ou em cidades turísticas possuem ao menos um domínio básico da língua inglesa, assim como a maioria dos estabelecimentos oferecem profissionais (e cardápios, no caso de restaurantes) aptos a se comunicarem com clientes. No caso dos profissionais de turismo, como agentes e guias, eles estão preparados para se adaptar às necessidades dos visitantes. Ainda assim, caso queira, será sempre apreciado o esforço em aprender palavras e expressões básicas que podem lhe servir. 

Não é necessário, mas como já dissemos, é benéfico aprender algumas palavras e frases básicas usadas no cotidiano.

Depende. A maioria dos locais históricos e museus abrem das 9h às 17h, mas aqueles ao ar livre, como as Pirâmides de Gizé, por exemplo, funcionam das 8h até às 17h. Os horários são reduzidos e afetados durante o Ramadã, o mês sagrado do calendário islâmico.

A maioria dos estabelecimentos comerciais funcionam das 10h até as 22h, mas não se supreenda se vir alguns abertos até mais tarde ou 24h. O Ramadã também pode influenciar o funcionamento de lojas, que podem fechar durante o dia e abrir à noite.

Sim, podem. Porém em algumas mesquitas menos conhecidas é aconselhável pedir permissão antes, já que a presença de turistas é incomum. As visitas não são permitidas apenas às mesquitas de El Hussein e a Mesquita de Sayeda Zeinab, onde os parentes do profeta Maomé foram enterrados, e em qualquer mesquita nos horários das 5 orações diárias ou na sexta-feira, dia sagrado para os muçulmanos. 

Não existe um código de vestimento, mas sim bom-senso. Lembre-se de que a mesquita é um local sagrado. Deve-se, contudo, retirar os sapatos na entrada e mulheres devem cobrir os cabelos, e possivelmente braços e pernas. 

Sim, podem. Assim como as mesquitas, monumentos cristãos recebem o mesmo tratamento. Visitas são negadas apenas durante a Quaresma e roupas modestas também são recomendadas. 

A maioria dos potntos turísticos ou locais históricos permitem que se tirem fotos, porém alguns possuem custos adicionais para Os turistas podem tirar fotos na maioria dos locais históricos e museus no Egito, mas alguns deles tem custos adicionais para quem levar uma câmera fotográfica. Já em outros lugares, como Museu Egípcio de Antiguidades e Vale dos Reis em Luxor, a fotografia é proibida e os visitantes devem deixar suas câmeras na recepção antes de entrar. A fotografia está vetada em torno das bases do exército, aeroportos, represas, pontes e no metrô.

Depende de cada estabelecimento. Assim como em hotéis em todo o mundo, o check-in no Egito gira em torno do meio-dia, e o check-out entre 11h ou 12h.

Há diversos tipos, de albegues a hotéis 5 estrelas, dentre os quais se destacam as redes Movenpick, Hilton, Four Seasons e Sofitel. Há também os hotéis locais, mais simples porém confortáveis. 

A maioria das pessoas não enfrentam problemas, mas dentre os mais comuns estão os distúrbios gástricos. Por isso, evite essa situação; beba apenas água potável engarrafada e não coma comida de rua sobre a qual você não conhece a procedência. Outro fator pode ser insolação ou queimaduras de sol se no verão, portanto use sempre protetor solar. 

A  vacina contra febre amarela é recomendada pela Anvisa. Recomenda-se também vacinas contra a hepatite C, febre tifóide e uma dose oral de tétano no caso de idosos e crianças pequenas.

A moeda oficial do Egito é a libra egípcia, abreviada como LE e chamada de "Geneh" em árabe. Uma libra egípcia equivale a 100 piastras. Há notas de 1, 5, 10, 20, 50, 100 e 200 LE e há moedas de 25 piastras, 50 piastras e 1 libra. Encontrar troco é tarefa difícil, por isso em caso de não tê-lo, é normal deixar a diferença de gorjeta. Leve consigo dólares, euros ou até libras esterlinas e troque-os nas casas de câmbio espalhadas pelo país.

Sim. As principais bandeiras são aceitas em estabelecimentos ao redor do Egito, assim como hotéis e áreas de turismo. Porém, em alguns pontos, como Khan El Khalili, é mais fácil carregar dinheiro consigo.

Gorjetas não são obrigatórias, mas um ato de cortesia. Não se sinta obrigado a dá-la, mas se decidir por sim, essa será apreciada. A maioria das pessoas opta por fazê-la. No caso de cafés e restaurantes, há taxas de serviço incluídas, mas elas não são destinadas aos atendentes. 

Há vários. O mais comum tanto em pequenas e grandes cidades é o táxi, mas você pode usar aplicativos como Uber, uma opção mais confiável, já que muitos passageiros enfrentam problemas de tarifas com os taxistas (que não ligam o taxímetro ou exigem tarifas mais caras). Se ainda assim você preferir ou não tiver outra alternativa se não o táxi tradicional, certifique-se de acertar o preço antes da corrida.

No Cairo, o metrô é uma opção acessível e rápida, porém não-recomendável em horários de pico. Trens estão dispoíveis conectando cidades, como o Cairo a Luxor, Assuã e Alexandria. São razoavelmente confortáveis, são divididos por classes e, dependendo da distância, há cabines para dormir. 

Sim, pode. O turismo continua ativo durante o Ramadã, porém horários de estabelecimentos e pontos turísticos são afetados. Dessa forma, é melhor planejar com antecedência o que você gostaria de fazer e como melhor utilizar seu tempo.

Trens são meios de transporte práticos entre cidades e povoados. Há trens locais de primeira e segunda categoria, mas que não oferecem muito conforto, e trens de luxo que oferecem assentos mais confortáveis. Trens noturnos de luxo para Luxor e Assuã oferecem cabine privada com meia-pensão.

O check-in geralmente é às 11h e o check-out entre 8h e 9h após o café da manhã. Há a possibilidade de utilizar os serviços do cruzeiro (exceto cabine ou restaurante) se o seu voo ou trem for mais tarde e você tiver que esperar. Ou, se quiser, pode deixar sua bagagem no navio e dar um passeio pela cidade até o horário de partida do seu voo ou trem.

Há uma variedade de opções, já que os cruzeiros oferecem pensão completa em buffet ou menu fixo. Cada refeição é servida em horário fixo e as bebidas não são incluídas, incluindo água. Porém, café e chá são servidos o café da manhã e chá da tarde. No caso de refeições especiais como veganas ou diet, essas devem ser mencionadas no ato da reserva. 

Pedimos depósito de entrada de 25% do preço total do pacote. Para pacotes de Natal, Ano novo e outras épocas de alta temporada, pedimos depósito de 50%.

Não. Nós não aplicamos sobretaxa nos pagamentos via débito ou cartão de crédito.

Somos uma empresa sob a direção da Memphis Tours, uma das empresas mais reconhecidas e experientes no turismo egípcio, ativa desde 1955. Portanto, nós estendemos diversos benefícios aos nossos clientes. Nossa matriz possui avaliação de 4,9 no Tripadvisor e mais de 8 mil depoimentos. Adaptamos a viagem de nossos clientes aos seus desejos e oferecemos serviço profissional de qualidade, além de facilitar pagamento e oferecer assistência a qualquer momento. 


Avaliações

Angela M e

Angela M e

Um pacote privado com a Memphis, maravilhoso do princípio ao fim Os passeios foram super bem conduzidos por ótimos guias.

Cristina P

Cristina P

Fechamos o pacote via internet e ficamos satisfeitos com o servico da empresa. Guias excelentes no Cairo e no cruzeiro Nilo. Vale muito a pena!

Ivana A

Ivana A

Minha experiencia no Egito com a Memphis Tours foi maravilhosa. Fizemos o cruzeiro pelo Nilo que foi ótimo .

ligia20172017 es

ligia20172017 es

A agência Memphis Tour nos proporcionou uma excelente viagem pelo Egito incluindo Cairo, Gizé, Luxor, Assuã e Abu Simbel