Vale dos Reis

Mais um sítio arqueológico importantíssimo do Egito Antigo, essa é uma oportunidade de visitar a morada eterna de faraós e príncipes, assim como saber mais sobre esse local que era considerado sagrado na antiguidade e o por quê dele ser escolhido. Descubra mais sobre o Vale dos Reis!


O que é o Vale dos Reis?

O Vale dos Reis é uma necrópole real, lugar de repouso eterno de reis e príncipes, mas de algumas rainhas e nobres também. Acredita-se que o vale tenha sido utilizado por cerca de 500 anos. Atualmente esse é considerado um dos sítios arqueológicos de maior importância no mundo.

Qual é a história por trás do Vale dos Reis?

Acredita-se que o faraó Tutmóses I, o primeiro a ser sepultado no Vale dos Reis, teria escolhido o local porque o morro al-Qurn, que assemelha-se a uma pirâmide, seria considerado sagrado pelas deusas Meretseger e Hathor. Somado a isso, seu isolamento deveria dificultar o saqueamento por parte de ladrões.

 

Após Tumóses I, outros faraós fizeram o mesmo e o local passou a ser o cemitério oficial de reis, apesar de que nem todos foram ali enterrados, como é o caso de Tutmóses II e Amenhotep I. As tumbas mais antigam estão mais acima do morro, e conforme os espaços íam se tornando escassos, novas tumbas eram construídas mais abaixo. Não era incomum que a construção de uma tumba encontrasse já outra tumba no caminho, tendo assim que desviar o caminho ou abandonar a obra por completo para recomeçá-la em outro lugar.

Depois de muito tempo, o vale teria sido totalmente explorado, não oferecendo mais possibilidade para a construção de novas tumbas; somado a isso, o fato de que acredita-se que algumas tumbas e corredores foram construídas propositalmente para permanecerem como espaços vazios. Era o início do fim, e o Vale dos Reis como local de sepultamento começou a cair em desuso.

Por que os faraós não eram mais enterrados em pirâmides e sim no Vale dos Reis?

Os faraós enterrados em pirâmides pertenciam ao Império Antigo, que durou até 2500 a.C., mas com o tempo elas foram caindo em desuso - e o material para construí-las também foi se tornando escasso. Cerca de um milênio após, já no Império Novo, os faraós das novas dinastias já faziam parte de uma outra cultura, uma na qual o culto maior era ao deus oculto Amon, justificando o modo subterrâneo, enquanto que no Império Antigo era ao deus sol Rá. A montanha em formato de pirâmide foi a forma perfeita encontrada para agradar a ambos os deuses. 


Por que a tumba de Tutancâmon no Vale dos Reis é tão famosa?

Tutancâmon em si não está entre os maiores faraós de seu tempo. Na verdade, ele morreu ainda muito cedo, com apenas 19 anos, e duvida-se que tenha realizado grandes feitos. Sua tumba entretanto é famosa porque ela foi a única descoberta intacta, ou seja, com todos os seus pertences, incluindo o sarcófago com o corpo do faraó. Foram encontrados cerca de 5 mil items na tumba, incluindo a famosa máscara mortuária do rei Tut.

Quantos faraós foram enterrados no Vale dos Reis?

Até o presente momento, 63 tumbas foram descobertas. Isso não significa que o mesmo número de faraós foram enterrados lá. As tumbas são dividas em primárias e secundárias pelos arqueólogos, de acordo com a sua importância, e como já se sabe algumas tumbas foram construídas para permanecerem vazias. Desde que as escavações nos tempos modernos começaram no vale, apenas as múmias de Tutancâmon e Amenhotep II foram encontradas em seus locais originais. A teoria é que sacerdotes a removeram há muitos séculos atrás para evitar que fossem roubadas.



 Há ainda mais tumbas a serem descobertas no Vale dos Reis?

Esse é um mistério que só o tempo pode responder. Antes do arqueólogo Howard Carter descobrir a tumba de Tutancâmon, acreditava-se que todas as tumbas no Vale dos Reis já haviam sido descobertas, mas muitas ainda estariam por vir. E como foi no caso de Tut, escombros jogados em sua entrada por saqueadores fizeram com a sua descoberta fosse dificultada, portanto, quem sabe esse não é caso de outras tumbas? O que se sabe com certeza é que ainda há muito trabalho para ser feito no Vale dos Reis, pois ainda há 26 tumbas dentre as descobertas sobre as quais os especialistas sabem muito pouco ou nada.

Como visitar o Vale dos Reis?

O Vale dos Reis está situado a cerca de 10 km a noroeste do centro de Luxor. A visitação pode ser em tour ou por conta própria. A vantagem de ser em tour é a praticidade, assim como ter um guia para tornar a experiência mais rica, ingresso e transporte incluídos. Por conta própria, o visitante pode ir de táxi, mas prepare-se para negociar. O melhor momento é na parte da manhã, quando o sol ainda não está tão forte.

Note que o seu ingresso dá direito à visitação de três tumbas dentre as disponíveis - apesar de serem 63, muitas estão fechadas para manutenção, a entrada não é permitida ou até mesmo precisam passar por um sistema de rotatividade devido à umidade causada pelo aumento de visitantes. Outras tumbas, como a de Tutancâmon e de Ramsés VI, necessitam de um bilhete extra.

 

Avaliações

Angela M e

Angela M e

Um pacote privado com a Memphis, maravilhoso do princípio ao fim Os passeios foram super bem conduzidos por ótimos guias.

Cristina P

Cristina P

Fechamos o pacote via internet e ficamos satisfeitos com o servico da empresa. Guias excelentes no Cairo e no cruzeiro Nilo. Vale muito a pena!

Ivana A

Ivana A

Minha experiencia no Egito com a Memphis Tours foi maravilhosa. Fizemos o cruzeiro pelo Nilo que foi ótimo .

ligia20172017 es

ligia20172017 es

A agência Memphis Tour nos proporcionou uma excelente viagem pelo Egito incluindo Cairo, Gizé, Luxor, Assuã e Abu Simbel


FAQ

Somos uma empresa sob a direção da Memphis Tours, uma das empresas mais reconhecidas e experientes no turismo egípcio, ativa desde 1955. Portanto, nós estendemos diversos benefícios aos nossos clientes. Nossa matriz possui avaliação de 4,9 no Tripadvisor e mais de 8 mil depoimentos. Adaptamos a viagem de nossos clientes aos seus desejos e oferecemos serviço profissional de qualidade, além de facilitar pagamento e oferecer assistência a qualquer momento. 

Não. Nós não aplicamos sobretaxa nos pagamentos via débito ou cartão de crédito.

Pedimos depósito de entrada de 25% do preço total do pacote. Para pacotes de Natal, Ano novo e outras épocas de alta temporada, pedimos depósito de 50%.

Há uma variedade de opções, já que os cruzeiros oferecem pensão completa em buffet ou menu fixo. Cada refeição é servida em horário fixo e as bebidas não são incluídas, incluindo água. Porém, café e chá são servidos o café da manhã e chá da tarde. No caso de refeições especiais como veganas ou diet, essas devem ser mencionadas no ato da reserva. 


Ver mais