Templo de Karnak

Templo de Karnak

O Templo de Karnak é o maior templo religioso da antiga civilização ainda existente. Localizado ao sul do Egito, ele atrai milhões de visitantes o ano inteiro e é parada obrigatória para aqueles que querem conhecer mais sobre a história do Egito Antigo, além de ser a segunda atração turística mais visitada depois das Pirâmides de Gizé. Por isso, você precisa saber mais sobre esse lugar!


O que é o Templo de Karnak?

O Templo de Karnak é uma grande-cidade templo, originalmente parte de Tebas, a antiga capital do Egito. É a morada do deus Amon, portanto onde ele interagiria mais diretamente com as pessoas. Porém, no local realizavam-se cultos não apenas para Amon, como também para Mut e Koshu. Karnak também possui templos menores para outros deuses, como Ísis, Ptah e até mesmo para alguns faraós, Ramsés II entre eles. Sua construção foi feita ao longo de dois milênios e acredita-se que ela nunca tenha sido concluída de fato, mas, por isso, justifica-se o seu tamanho, que toma uma área de 200 acres, 61 deles dedicados a Amon. As restaurações começaram no século XVIII e continuam até os dias atuais.

Quando o Templo de Karnak foi construído?

A construção do Templo de Karnak abrange um largo período, que vai de 2200 a.C. até meados de 360 a.C.. Por isso, suas obras passaram pelas mãos de diversos faraós, cada um deixando uma marca de si e  do seu reinado, por exemplo, ao ordernar que estátuas de deuses tivessem traços de seus rostos - Tutancâmon foi um deles; durante o seu reino percebe-se que estátuas de Amon possuem suas feições.

Como consequência desse vasto trabalho, o complexo foi aumentando de tamanho.

Quais são os destaques do Templo de Karnak?

O Templo de Karnak é enorme, e você pode facilmente passar um dia inteiro andando pelo complexo e descobrindo detalhes e diferenças no estilo das estátuas. Mas definitivamente o primeiro destaque vai para o grande salão hipostilo. Esse salão cobre a impressionante área de 54 metros quadrados e possui enormes colunas, 134 no total, medindo 23 metros de altura cada. É um lugar que nos dá ideia do quanto o Novo Reino era rico e poderoso.

Seguido  desse primeiro destaque, está a Capela de Granito, também conhecida como Capela Vermelha por conta de seu granito rosado. Ela possui três câmaras, cada uma dedicada aos deuses da casa e foi construída sob a ordem da rainha Hatshepsut. Após, e ainda falando em Hatshepsut, merece destaque o Obelisco de Hatshepsut, que possui 27 metros de altura e pesa 340 tonaledas, fazendo dele o maior do Egito e o segundo maior do mundo (atrás do Obelisco Lateranense, em Roma).

Por fim, está o lago sagrado do Templo de Karnak. A maioria dos templos no Egito Antigo possuiam um lago com a finalidade de purificação e rituais sagrados. Além disso, o lago era uma representação do nascimento do deus-sol pela manhã, Amon.

Ah, e todas as noites os seus visitantes podem apreciar o Show de Som & Luzes.


Qual é o melhor período do ano para visitar o Templo de Karnak?

As pessoas visitam o Templo de Karnk o ano inteiro. A verdade é que o templo sempre terá visitantes, porém você deve levar em consideração as temporadas. Durante o verão, que compreende os meses de junho, julho e agosto, as temperaturas podem chegar a 45 graus Celsius, e somado à área desértica, essa pode não ser a melhor opção. Geralmente, o melhor período para visitação está entre os meses de setembro a abril.

O que devo vestir para visitar o Templo de Karnak?

O Templo de Karnak é enorme e fica numa área coberta de areia, portanto, lembre-se de usar sapatos e roupas confortáveis, chapéu, protetor solar, óculos de sol e tenha uma garrafa de água consigo.

Onde o Templo de Karnak está localizado?

Como mencionado anteriormente, o Templo de Karnak está localizado ao sul do país, em Luxor, a cerca de 660km do Cairo. É uma viagem que as pessoas geralmente fazem ou de avião ou de trem, sendo o primeiro mais rápido, mas mais caro, e o segundo mais longo (em torno de 11h), mas mais barato. Muitos viajantes escolhem pegar o trem noturno, assim chegam em Luxor pela manhã e podem aproveitar o dia inteiro.

Preciso de um guia para visitar o Templo de Karnak?

Depende. Algumas pessoas vão sozinhas e assim preferem. A ideia de ter um guia é ter uma pessoa que tenha um bom conhecimento sobre o local e que te passe informações que enriquecerão a sua experiência. O Templo de Karnak é imenso e compreender o que é o que, quando cada monumento ou templo foi construído, inscrições na parede e mais tornam a sua visita muito melhor do que apenas admirar a vastidão do lugar.  

Avaliações

Angela M e

Angela M e

Um pacote privado com a Memphis, maravilhoso do princípio ao fim Os passeios foram super bem conduzidos por ótimos guias.

Cristina P

Cristina P

Fechamos o pacote via internet e ficamos satisfeitos com o servico da empresa. Guias excelentes no Cairo e no cruzeiro Nilo. Vale muito a pena!

Ivana A

Ivana A

Minha experiencia no Egito com a Memphis Tours foi maravilhosa. Fizemos o cruzeiro pelo Nilo que foi ótimo .

ligia20172017 es

ligia20172017 es

A agência Memphis Tour nos proporcionou uma excelente viagem pelo Egito incluindo Cairo, Gizé, Luxor, Assuã e Abu Simbel


FAQ

Somos uma empresa sob a direção da Memphis Tours, uma das empresas mais reconhecidas e experientes no turismo egípcio, ativa desde 1955. Portanto, nós estendemos diversos benefícios aos nossos clientes. Nossa matriz possui avaliação de 4,9 no Tripadvisor e mais de 8 mil depoimentos. Adaptamos a viagem de nossos clientes aos seus desejos e oferecemos serviço profissional de qualidade, além de facilitar pagamento e oferecer assistência a qualquer momento. 

Não. Nós não aplicamos sobretaxa nos pagamentos via débito ou cartão de crédito.

Pedimos depósito de entrada de 25% do preço total do pacote. Para pacotes de Natal, Ano novo e outras épocas de alta temporada, pedimos depósito de 50%.

Há uma variedade de opções, já que os cruzeiros oferecem pensão completa em buffet ou menu fixo. Cada refeição é servida em horário fixo e as bebidas não são incluídas, incluindo água. Porém, café e chá são servidos o café da manhã e chá da tarde. No caso de refeições especiais como veganas ou diet, essas devem ser mencionadas no ato da reserva. 


Ver mais